domingo, 23 de janeiro de 2011

Maragogipe - Bahia - Brasil











Maragogipe

Maragogipe é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 41.085 habitantes.

História

Habitavam a região índios da tribo marag-gyp, cuja tradução seria braços invencíveis. Eram inteligentes, guerreiros, dedicando-se ao cultivo do solo, à pesca e à caça. Posteriormente, deslumbrados com a riqueza das matas e com a acessibilidade do sítio a qualquer embarcação, alguns exploradores resolveram fixar residência, dedicando-se a extração de madeiras, plantação de mandioca e de cana-de-açúcar, construção de engenhos e casas de farinha. As terras do atual município estavam inclusas no território da Capitania do Paraguaçu (ou Peroaçu), doada a D. Álvaro da Costa, filho do governador-geral D. Duarte da Costa, por Carta de Doação de 20.11.1565. O município foi criado com território desmembrado de Jaguaripe e denominação de Maragogipe por Carta Régia de 17.12.1693 e Portaria de 16.12.1724. A sede foi elevada à categoria de cidade através Lei Provincial de 08.05.1850, com a denominação de Patriótica Cidade de Maragogipe.

Praias

Informações

Maragogipe é um município do estado da Bahia localizada a cerca de 133 km de Salvador. Sua população é estimada em 41.085 habitantes aprox.. O município de Maragogipe é bastante rico no que diz respeito aos recursos naturais, apresentando um ótimo potencial para o desenvolvimento de atividades ligadas ao turismo ecológico, rural e principalmente o turismo náutico, incluindo a pesca desportiva.
Apresenta excelentes condições para o turismo náutico, contando, inclusive, com uma ponte de atracação para embarcações de grande porte.
Está localizada ao fundo da Baía de Todos os Santos e situada a direita do estuário do Rio Paraguaçu, onde formou-se uma baía interna, a conhecida como Baía do Iguape.
Maragogipe fica, exatamente, no ponto de encontro do Rio Paraguaçu com o Rio Guaí, formando uma extensa região de lagamar, cercada por cerca de 30 km de manguezais com, aproximadamente, 30 metros de largura.
Último paradeiro náutico do Recôncavo Baiano, a cidade ainda abriga, no porto do Cajá, dezenas de canoas e saveiros. As antigas embarcações à vela eram muito utilizadas para o transporte das mais diversas mercadorias no interior da Baía de Todos os Santos até recentemente. Hoje, ainda restam alguns exemplares concorrendo com meios de transporte mais modernos.
Como outras cidades da região, Maragogipe traz uma forte tradição religiosa católica, mas é também comprometida com o candomblé. A cidade pacata se transforma durante o mês de agosto, quando é celebrada a festa de seu padroeiro, São Bartolomeu. Municípios emancipados de Maragogipe: Conceição do Almeida; Dom Macedo Costa e São Felipe.















Carnaval de Maragogipe Patrimônio Imaterial

O Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) classificou o carnaval do município de Maragogipe, no Recôncavo, como patrimônio imaterial da Bahia depois de uma série de pesquisas e estudos feitos sobre a tradicional festa desde 2007. O carnaval de Maragogipe tem inspiração nas festas similares que ocorriam na Europa no século XIX, onde há uma forte predominância de fantasias de figuras folclóricas, como os antigos carnavais que hoje só acontecem em salões privados.





 Carnaval de Maragogipe o Kaio Design Bus Bahia vai trazer todas as coberturas dessa grande festa do Reconcâvo Baiano...
Carnaval de Maragogipe Patrimônio Imatérial da Bahia
Maragogipe minha cidade. Meu orgulho.

2 comentários:

  1. Olá ! meu nome é Gislene, sou da cidade de São Paulo, eu e minha família estamos buscando notícias de uma pessoa que morra ai na cidade de Maragogipe, que não temos notícia há anos, não sabemos se esta pessoa ainda é viva.
    Alguém pode nos ajudar ?

    ResponderExcluir