quinta-feira, 17 de maio de 2012

NEWS ROOM: Greve dos ônibus em Campinas deixou 500 mil passageiros sem ônibus


Greve dos ônibus em Campinas deixou 500 mil passageiros sem ônibus

 
No primeiro dia de greve dos rodoviários de Campinas nesta quarta-feira (16), a categoria ignorou a liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região que determinava que 70% dos ônibus deveriam operar nos horários de pico e apenas 6,68% (64 veículos) deles circularam.
Além da garantia de maioria da frota no pico, 50% deveriam operar nos demais períodos, conforme decisão do tribunal. Os reflexos da paralisação em massa foram os poucos coletivos lotados, faltas no trabalho, crianças sem ir à escola e 13,4 Km de lentidão no trânsito pela cidade.
Terminado o horário de maior movimento, após as 9h30, as principais entradas da cidade ainda apresentavam congestionamento, segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). A estimativa do órgão é que 500 mil pessoas tenham sido prejudicadas com o movimento grevista.
A audiência de conciliação entre empresas e motoristas, que estava marcada para o dia 21, foi antecipada e será realizada nesta quinta-feira (17), às 16h, na sede do TRT da 15ª Região. Enquanto isso, a greve continua.
Fonte: RAC.com.br
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário