quarta-feira, 21 de novembro de 2012

NEWS ROOM: Tarifa de ônibus coletivo em Marília pode ser uma das mais altas do país


Tarifa de ônibus coletivo em Marília pode ser uma das mais altas do país

Empresa responsável pelo transporte coletivo em Marília (SP) pretende reajustar em R$ 0,82 a tarifa praticada hoje na cidade. Com esse aumento, a passagem que custa atualmente R$ 2,30 passará para R$ 3,12. Diariamente, 40 mil pessoas usam o transporte coletivo na cidade e o custo foi justificado pela circular em uma planilha de gastos. 

O documento está nas mãos da Emdurb que dará um parecer técnico sobre o assunto. Em Marília, a passagem de ônibus não é reajustada há dois anos. Se o aumento de 35% for confirmado, a cidade terá uma das tarifas mais caras do país. No Rio de janeiro, por exemplo, o valor é de R$ 2,75 centavos. Em Curitiba de R$2,60. Já na capital paulista, o usuário paga R$ 3 pelo serviço.

Quem depende do serviço reclama do aumento. “Eu acho que é um aumento muito abusivo ainda mais para nós estudantes que usamos todos os dias. Ainda mais com os atrasos. Eu acho que eles deveriam primeiro melhorar isso para depois subir a passagem”, afirma a estudante Lívia Faria.

“É muita coisa, porque Marília é uma cidade relativamente pequena, comparando com uma cidade como São Paulo, que a passagem é R$ 3 e você fica quase duas horas no ônibus. Eu acho um absurdo”, completa a operadora de caixa, Marizilda da Silva.

Antes de entrar em vigor, o preço da passagem precisa passar pela análise do Sistema Auxiliar de Fiscalização. Órgão que, em Marília, funciona como moderador do transporte coletivo. O Sistema é composto por moradores, prefeitura e empresa circular.

Será feita uma análise técnica do assunto, levando em conta as justificativas para o aumento. "A partir de que for emitido o parecer técnico pelo SAF, eles emitem o parecer técnico para o prefeito que vai deferir ou indeferir o aumento da tarifa", explica Márcio Ferrero, chefe de gabinete.

E em Botucatu (SP), a tarifa também poderá ser reajustada. Atualmente o passe custa aos usuários R$ 2,35. Se o aumento for aprovado em uma reunião esta noite entre prefeitura e as duas empresas que oferecem o serviço, o valor do passe passará para R$ 2,75, a partir do dia 2 de dezembro. Já em Bauru, o reajuste foi em maio. O preço cobrado dos usuários varia de R$ 0,45 a R$ 2,60.

Fontes: G1 SP











 

Nenhum comentário:

Postar um comentário