quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

NEWS ROOM BA: INFORMAÇÕES DO SISTEMA DE TRANSPORTE PÚBLICO DE SALVADOR


SALVADOR VAI GANHAR DOIS CORREDORES TRANSVERSAIS

O Governo da Bahia anunciou na sexta-feira (27) o investimento de R$ 1,24 bilhão para obras de mobilidade urbana em Salvador. A implantação dos Corredores Transversais, compostos por duplicação e construção de vias, será licitada por intermédio de Regime Diferenciado de Contratação (RDC). 

A assinatura da ordem de serviço para o início das obras está prevista para o primeiro trimestre de 2014. Já o prazo para a execução dos corredores estruturantes é de 36 meses, a partir da assinatura da ordem.



O Corredor Transversal 1, com aproximadamente 13 quilômetros de extensão, começa na Orla Atlântica de Salvador, passa pela avenida Pinto de Aguiar, que está sendo ampliada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), faz ligação com a avenida Gal Costa, via túnel, e se estende até os bairros de Capelinha e Pirajá para desembocar no Lobato, na avenida Suburbana.
Já o Corredor Transversal 2 começa na BR-324, no bairro de Águas Claras, a partir da Via Regional e Vale do Rio Jaguaribe (futura avenida 29 de Março), passando pelo Bairro da Paz, na avenida Paralela, e se estendendo até a Orla, via avenida Orlando Gomes - que também será ampliada -, totalizando 12 quilômetros e beneficiando principalmente a população do bairro de Cajazeiras.



O projeto de construção dos corredores transversais prevê a ligação das regiões que sempre viveram separadas entre si - a suburbana, o miolo e a orla. O projeto estima que uma pessoa que more no Lobato ou na Plataforma, chegue ao metrô em menos de cinco minutos e ao Parque de Pituaçu em menos de 30.



Os corredores transversais terão pista dupla, com três faixas por sentido, sendo exclusiva para o transporte de massa, com progressão para operação do tipo BRT. Estão inclusas ainda a construção de ciclovias, túneis, viadutos, contenções, sinalização, urbanização e obras complementares.



Informações: R7.com

2° PARTE

PASSAGEIROS SE QUEIXAM DE FALTA DE INFORMAÇÃO NOS PONTOS DE ÔNIBUS DE SALVADOR


Muitos passageiros reclamaram da falta de informações nos pontos de ônibus, no primeiro dia útil após a mudança em 16 linhas de ônibus. Algumas pessoas chegaram a passar mais de 40 minutos esperando o transporte e só foram saber que havia alterações, após a chegada da imprensa no local. “Eu estou esperando o ônibus Estação Iguatemi, mas até agora não chegou. Nunca esperei mais de 40 minutos e só agora estou sabendo que foi alterada a linha. Faltou informação nos pontos de ônibus para que o passageiro saiba qual ônibus pegar”, reclamou a atendente de caixa Durliane Silva Nascimentos, 36 anos. 

Na Estação da Lapa, uma das maiores em Salvador, não havia nenhuma informação para os usuários de transporte público sobre as linhas modificadas e como fazer para chegar ao destino. Quem chegou atrasada no trabalho foi a cabeleireira Cida Gonçalves, 29 anos, que aguardava o transporte para ir até o bairro de Brotas. “Eu sempre peguei o ônibus Engenho Velho de Brotas e só agora estou sabendo, através das reclamações dos passageiros aqui na Estação, que tenho que pegar dois ônibus. Eu preferia pegar o coletivo que ia direto e não ter que descer e esperar outro transporte para chegar em Brotas”, reivindicou.



Desde o último domingo que a Prefeitura de Salvador iniciou o processo de reestruturação do transporte coletivo na cidade. No total, 16 linhas deixam de ser ponto a ponto e passam a ser atendidas por um maior número de ônibus pelo sistema de integração do Bilhete Único. O usuário não vai mais precisar ficar esperando aquele ônibus específico que demora um tempão e faz mil voltas para chegar ao destino.
O secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, disse que a implantação do Bilhete Único “permite o uso de dois ônibus com o pagamento de apenas uma passagem. O objetivo é beneficiar os passageiros e evitar que esperem muito tempo nos pontos de ônibus”.



Aleluia ainda reforçou que a reestruturação favorecerá ao passageiro, principalmente aquelas linhas de ônibus que passam superlotadas. “Não haverá mais aquele tormento de pegar um ônibus cheio e rodar por toda a cidade, passando desnecessariamente por tudo que é canto, perdendo um tempo precioso”. Ele explica que o usuário vai poder pegar o primeiro coletivo para lhe deixar mais próximo de seu destino e, depois, embarcar em outro que o leve até o final, em vez de ficar mofando no ponto. “O usuário passará menos tempo no ponto, fará a viagem mais rápido e pagará apenas uma passagem para pegar dois ônibus”, ressalta.



O secretário destaca a necessidade de as pessoas adquirirem o Salvador Card Avulso para se beneficiarem do Bilhete Único. “É importante saber que o benefício de pagar uma passagem e pegar dois ônibus só é possível com o uso do Salvador Card. É nele que se faz a integração dos transportes gratuitamente. Os estudantes e trabalhadores já fazem uso do Salvador Card na meia-passagem e no vale-transporte. Quem ainda não tem pode adquirir o Salvador Card Avulso em 105 pontos espalhados pela cidade”, completou.



Para chegar à Barroquinha ou à Estação Iguatemi, os usuários da linha Barroquinha - Rodoviária R3 (0326) passarão a pegar a linha Conjunto Marback - Barroquinha (0923), que terá a frota reforçada. O usuário deverá fazer o seguinte trajeto: da Estação Iguatemi ou da Barroquinha, conforme o sentido da viagem, embarcar na linha Conj. Marback - Barroquinha; descer na Estação Iguatemi ou na Barroquinha, também respeitando o sentido da viagem.



Já os usuários da linha Lapa - CAB (0118) passarão a pegar dois ônibus, também pagando uma só passagem com o Bilhete Único. A integração será entre as linhas Estação Mussurunga - Lapa  e CAB - Circular. A frota que pertencia à linha Lapa - CAB será incorporada a outras linhas da Estação Mussurunga.  Para chegar ao CAB, o usuário deve: embarcar na linha 1: Estação Mussurunga - Lapa; 2) desembarcar na Avenida Paralela, na altura da Sucab; 3) pegar o ônibus da linha 2: CAB - Circular. Para saber maiores informações sobre as alterações, os interessados precisam entrar no site da Transalvador.

Informações: Tribuna da Bahia

RELEMBRE: MUDANÇAS ACONTECERAM NO ULTIMO DOMINGO 16/01 EM 16 LINHAS DE ÔNIBUS DE SALVADOR


O processo de reestruturação do transporte coletivo de Salvador está sendo iniciado pela Prefeitura. As mudanças começam neste domingo (12) em 16 linhas que deixam de ser ponto a ponto e passam a ser atendidas por um maior número de ônibus pelo sistema de integração do Bilhete Único, de acordo com a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador).

"Com a implantação do Bilhete Único, que permitiu o uso de dois ônibus com o pagamento de apenas uma passagem, está sendo possível reestruturar as linhas de forma que os ônibus sejam mais frequentes nos pontos e as viagens sejam mais rápidas", afirmou, em nota, o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia. Segundo a Transalvador, o usuário não deve mais precisar ficar esperando aquele ônibus que demora muito tempo e faz mil voltas para chegar ao itinerário.



Segundo Aleluia, o usuário vai poder pegar o primeiro coletivo para lhe deixar mais perto de seu destino e, depois, pegar outro que o leve até o destino final, ao invés de ficar esperando por muito tempo no ponto. "O usuário passará menos tempo no ponto, fará a viagem mais rápido e pagará apenas uma passagem para pegar dois ônibus", ressaltou, segundo a assessoria de comunicação da Transalvador.



Aleluia também ressaltou a necessidade de adquirir o Salvador Card Avulso para se beneficiar do Bilhete Único. “É importante saber que o benefício de pagar uma passagem e pegar dois ônibus só é possível com o uso do Salvador Card. É nele que se faz a integração dos transportes gratuitamente. Os estudantes e trabalhadores já fazem uso do Salvador Card na meia-passagem e no vale-transporte. Quem ainda não tem pode adquirir o Salvador Card Avulso em 105 pontos espalhados pela cidade”, disse, em nota.  



Confira as mudanças a partir deste domingo:  



1) Linha Alto de Coutos - Ribeira (1667) 

Esta linha, que tinha a frota de um veículo, não mais existirá com esse nome, sendo incorporada à linha Paripe - Ribeira.



A partir de domingo (12), para chegar ao bairro da Ribeira, o usuário deverá: 1) embarcar na linha 1: Alto de Coutos - Pituba; 2) descer na Avenida Suburbana ou Calçada, no ponto da Leste; 3) embarcar na linha 2. Se o usuário estiver na Suburbana, a linha 2 será a Paripe - Ribeira. Se estiver na Calçada, o cidadão poderá utilizar todas as linhas com destino à Ribeira e à Península de Itapagipe, que param no ponto da Estação da Leste.



2) Linha Barroquinha - Rodoviária R3 (0326)

Os usuários desta linha, para chegar à Barroquinha ou à Estação Iguatemi, devem passar a pegar a linha Conj. Marback - Barroquinha (0923), que terá a frota reforçada.



O usuário deverá fazer o seguinte trajeto: 1) da Estação Iguatemi ou da Barroquinha, conforme o sentido da viagem, embarcar na linha Conj. Marback - Barroquinha; 2) descer na Estação Iguatemi ou na Barroquinha, também respeitando o sentido da viagem.



3) Linha Engenho Velho de Brotas - Barroquinha (0512)

Os usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, mas pagando uma só passagem. A integração será entre as linhas Engenho Velho de Brotas - Lapa e Santa Cruz - Barroquinha (0710), usando o Bilhete Único, através do Salvador Card. Não existirá mais uma linha com o nome Engenho Velho de Brotas - Barroquinha, cuja frota será incorporada à da linha  Santa Cruz -Barroquinha.



Para chegar à Barroquinha, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Engenho Velho de Brotas - Lapa; 2) desembarcar na rua Frederico Costa e pegar o coletivo da linha Santa Cruz - Barroquinha.



4) Linha Lapa - CAB (0118)

Os usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, também pagando uma só passagem com o Bilhete Único. A integração será entre as linhas Estação Mussurunga - Lapa  e CAB - Circular. A frota que pertencia à linha Lapa - Cab será incorporada a outras linhas da Estação Mussurunga.



Para chegar ao CAB, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Estação Mussurunga - Lapa; 2) desembarcar na Avenida Paralela, na altura da Sucab; 3) pegar o ônibus da linha 2: CAB - Circular.



5) Luís Anselmo - Sabino Silva (0523)

Para os atuais usuários desta linha, a integração será entre a linha Luís Anselmo - Lapa e todas aquelas destinadas à Barra, saindo da Lapa.



Para chegar à Sabino Silva ou à Barra, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Luis Anselmo - Lapa; 2) descer na Lapa; 3) pegar os ônibus das linhas com destino à Barra. Com a mudança, mais veículos serão incorporados à linha Luís Anselmo - Pituba (0534), cuja demanda é maior.



6) Linha Mussurunga 1 – Lapa (1010)

A integração para quem deveria pegar esta linha será entre as linhas Mussurunga 1 - Estação Mussurunga  e Estação Mussurunga - Lapa.



Para chegar à Lapa o usuário deve: 1) pegar a linha 1: Mussurunga 1 - Estação Mussurunga; 2)  descer na Estação Mussurunga; 3) embarcar na linha 2: Estação Mussurunga- Lapa.



7) Linha Mussurunga 2 - Lapa (1011)

Os usuários desta linha também devem passar a pegar dois ônibus, pagando uma só passagem. A integração será feita entre as linhas Mussurunga 2 - Estação Mussurunga  e Estação Mussurunga - Lapa. Não existirá mais uma linha com o nome Mussurunga 2 - Lapa, cuja frota será destinada à linha Estação Mussurunga - Lapa.



Para chegar à Lapa, o usuário deve: 1) pegar a linha 1:  Mussurunga 2 - Estação Mussurunga; 2) desembarcar na Estação Mussurunga; 3) embarcar na linha 2: Estação Mussurunga - Lapa.



8) Linha Pau da Lima - França R1 (1381)

Os usuários desta linha devem passar a fazer integração entre as linhas Pau da Lima - Nordeste e Colina Azul - França.



Para chegar à Avenida da França, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Pau da Lima - Nordeste; 2)  descer na Estrada de São Marcos; 3) usar a linha 2: Colina Azul - França.



9) Linha Pau da Lima - França R2 (1382)

Usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, fazendo a integração entre as linhas Pau da Lima - Nordeste e Colina Azul - França/Campo Grande. Não existirá mais uma linha com o nome  Pau da Lima - França R2, cuja frota será acrescida à linha Pau da Lima - Lapa/Barra (1319).



Para chegar à Avenida da França, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Pau da Lima - Nordeste; 2)  desembarcar na Estrada de São Marcos; 3) pegar um coletivo da linha 2: Colina Azul - França.



10) Linha Pau Miúdo – Pituba (0406)

Os usuários desta linha devem passar a fazer integração entre as linhas Pau Miúdo - Lapa e Santa Mônica - Pituba.

Para chegar ao bairro da Pituba, o usuário deve: 1) pegar a linha 1: Pau Miúdo - Lapa; 2) descer na Baixa de Quintas; 3) embarcar na linha Santa Mônica - Pituba.



11) Linha Pernambués - Tancredo Neves (1110)

Os usuários desta linha devem pegar dois ônibus, Fazenda Grande - Pernambués e Tancredo Neves - Barra, usando o Bilhete Único, através do Salvador Card.



Para chegar ao bairro de Tancredo Neves, o usuário deve: 1) embarcar na linha Fazenda Grande - Pernambués; 2) descer na Rua Silveira Martins; 3) usar a linha Tancredo Neves - Barra.



12) Linha Rua Direta - Lapa (0223)

Os usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, integrando as linhas Rua Direta - Fazenda Garcia e Ribeira - Lapa.



Para chegar à Avenida da França, o usuário deve: 1) pegar a linha 1: Rua Direta - Fazenda Garcia; 2)  desembarcar na Calçada; 3) embarcar na linha 2: Ribeira - Lapa.



13) Linha Saboeiro - São Joaquim (1117)

Os usuários desta linha devem fazer a integração entre as linhas Saboeiro - Lapa e Cabula VI - Ribeira R1, cuja frota será reforçada com mais dois veículos.



Para chegar até São Joaquim, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1: Saboeiro - Lapa; 2) descer na Rua  Silveira Martins; 3) pegar um ônibus da linha Cabula VI - Ribeira R1.



14) Linha Santa Cruz - Barroquinha (0712)

Os usuários desta linha devem passar a pegar as linhas Santa Cruz - Lapa e Vale das Pedrinhas - Barroquinha.



Para chegar à Barroquinha, o usuário deve: 1) embarcar na linha 1:  Santa Cruz - Lapa; 2)  descer no início da Av. Vasco da Gama; 3) pegar a linha 2: Vale das Pedrinhas - Barroquinha.



15) Linha São Gonçalo - São Joaquim (1119)

Os usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, com a integração das linhas São Gonçalo - Lapa/Campo Grande e Tancredo Neves - São Joaquim.



Para chegar até São Joaquim,  o usuário deve: 1) embarcar na linha 1:  São Gonçalo - Lapa/Campo Grande; 2)  descer na Rua Silveira Martins; 3) pegar a linha 2: Tancredo Neves - São Joaquim.



16) Linha Cidade Nova - Barroquinha (0405)

Os usuários desta linha devem passar a pegar dois ônibus, mas pagando uma só passagem. A integração será entre as linhas Cidade Nova – Lapa e Caixa D´Água - Barroquinha. A frota da linha Cidade Nova – Barroquinha será incorporada à linha Caixa D´Água - Barroquinha.



Para chegar à Barroquinha, a pessoa deve: 1) usar a linha 1: Cidade Nova – Lapa; 2) desembarcar na Baixa de Quintas; 3) embarcar na linha 2: Caixa D´Água – Barroquinha.



*Com informações da Assessoria de Comunicação da Transalvador

Fonte: Correio 24 Horas



Nenhum comentário:

Postar um comentário