domingo, 28 de dezembro de 2014

NEWS ROOM BA: RESUMO DAS SEMANA



 AUMENTO NA TARIFA DE ÔNIBUS SUPERA INFLAÇÃO

 
 
O reajuste do preço da passagem de ônibus em Salvador,  para R$ 3 a partir do dia 1º de janeiro,  supera a inflação prevista para este ano. O percentual de reajuste do valor (7,14%) é maior que a prévia do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado nos últimos 12 meses (6,46%).

Contudo, o titular da Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota, defendeu que o reajuste da passagem foi calculado a partir de agosto de 2013 e, por isso, está abaixo da inflação. "Não temos reajuste desde junho de 2012, ainda assim, fizemos uma correção de 16 meses. Se considerássemos o período real, o aumento seria maior", argumentou.

Após saber do aumento, integrantes do Movimento Passe Livre já marcaram uma assembleia para as 15h do próximo sábado. Segundo Walter Takemoto, membro do grupo e ex-diretor da Companhia Municipal de Transporte Coletivo de São Paulo, haverá manifestação nas ruas se o preço for mantido.

Para Takemoto, o reajuste é uma estratégia da prefeitura para compensar os R$ 170 milhões  investidos pelos  empresários para explorar o sistema de transporte público da capital baiana nos próximos 25 anos.
"A população terá que pagar uma das tarifas mais caras do país para continuar sendo transportada por ônibus velhos e mal ventilados, 'maquiados' com pinturas. No final de semana, os veículos somem dos pontos de espera", criticou Takemoto.

Fábio Mota negou que o valor previsto para 2015 sirva a interesses do empresariado: "O valor tem a chancela do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) e pelo Ministério Público do Estado (MP-BA). Portanto, não há benefícios ou equívocos".

Em relação ao preço praticado em outras cidades, ele afirma que há prefeituras subsidiando o transporte público em função dos protestos, o que não ocorre em Salvador. "O valor será utilizado em áreas importantes, como saúde, educação e assistência social, por exemplo", disse.

Usuário reclama - A estudante Edjane Ferreira, 28, que está desempregada e faz um curso técnico em uma faculdade da Av. Paralela, diz que o aumento pode ocasionar a interrupção  do estudo. "É um absurdo! Os ônibus continuam cheios, mal ventilados e nós temos que pagar mais caro pelo serviço", opinou. A medida também vai pesar no bolso do assalariado Edvaldo dos Santos, 48. Ele paga diariamente a passagem da filha Larissa, de 16 anos, para ir à escola. A nova tarifa consumirá 16% do salário de Edvaldo.

Fontes: Jornal A Tarde.com


ÔNIBUS QUE PEGOU FOGO NA AV. CONTORNO ERA 'NOVO' E PODE TER TIDO PANE ELÉTRICA

No momento em que o fogo começou a se alastrar havia cerca de 20 passageiros no ônibus

Ônibus pega fogo e passageiros abandonam coletivo na av. Contorno
(Foto: Nill Lima/Leitor/Correio24horas)


O ônibus da empresa Central Transportes Urbanos que pegou fogo na Avenida Contorno (Avenida Lafayete Coutinho), no início da tarde desta quinta-feira (25), quando estava a caminho da Estação Pirajá, pode ter sofrido uma pane elétrica, segundo a Transalvador. 

No momento em que o fogo começou a se alastrar havia cerca de 20 passageiros no ônibus. Eles desceram do veículo próximo à sinaleira que fica na entrada do Museu de Arte Moderna, no Comércio, após uma pessoa que passava na avenida sinalizar para o motorista que saía fumaça do veículo. Ninguém se feriu.
 
De acordo com um funcionário da Central, o veículo era considerado “novo”, embora ele não soubesse precisar o ano. Segundo agentes da Transalvador que estiveram no local para controlar o trânsito após o incidente, o fogo teve início na parte de baixo do motor do veículo, que fica localizado próximo à cadeira do motorista.


 Ônibus pega fogo e passageiros abandonam coletivo na av. Contorno
(Foto: Nill Lima/Leitor/Correio24horas)
 
 
Os passageiros foram transferidos para outro veículo e foi necessário a interdição da pista do Solar do Unhão por mais de três horas. Desvios no tráfego foram necessários próximo da Praça Cayru, no sentido Centenário, e na altura do Vale do Canela, para quem estava indo para a Cidade Baixa.

O acidente aconteceu às 12h e, até as 15h30, o veículo não havia sido retirado do local. Equipes da Transalvador acionaram a Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb) para limpar o óleo que ficou espalhado na pista.

O Corpo de Bombeiros esteve no local para debelar as chamas. Uma grande nuvem de fumaça escura tomou conta do lugar e pôde ser vista por moradores do entorno. O CORREIO tentou ouvir o motorista do ônibus, mas ele não quis falar.

Ainda segundo informações da Transalvador, tanto o motorista da Central quanto outros motoristas de ônibus que passavam pelo local tentaram conter as labaredas com uso de extintores, mas, em menos de cinco minutos, as chamas atingiram todo o veículo.

Na empresa, não havia ninguém disponível, nesta quinta, para falar sobre o acidente. O veículo fazia o itinerário Barra II – Estação Pirajá e seu número de identificação era o 2070.  
 
Fontes: Correio 24horas
 
 
 
 
 

TOTENS DE INFORMAÇÃO COMEÇAM A SER INSTALADOS EM PONTOS DE ÔNIBUS DE SALVADOR 

 
Equipamentos irão mostrar quanto falta para a chegada dos ônibus

Começou a instalação de totens de informação com rotas das linhas de ônibus, em dois pontos da capital, na Avenida Bonocô e no Rio Vermelho. Segundo o secretário de Transporte e Urbanismo (Semut), Fabio Mota, os equipamentos devem começar a funcionar nesta sexta-feira (26).

Outros oito estão sendo implantados na cidade. “Vai ser possível saber onde os ônibus estão, se saíram da garagem na hora exata. E isso vai ajudar bastante na operacionalização”, diz o secretário. Segundo ele, essas mesmas informações também estarão disponíveis em um aplicativo para smartphones, o que vai facilitar a vida do passageiro.

“O cidadão vai poder acompanhar o ônibus pela cidade e se organizar de casa, por exemplo”, explica. Além disso, uma central de monitoramento na sede da secretaria vai acompanhar a operação do sistema. A expectativa é de que até abril todas as linhas de ônibus da frota de Salvador já estejam disponíveis nos equipamentos.

A ideia é que todos os três mil pontos da cidade recebam o equipamento ao longo do ano. A instalação dos equipamentos faz parte do plano de otimização das linhas, que está sendo implantado a partir de estudos da Semut.

“Pelo fato de Salvador ter ficado 40 anos sem licitação, não foi feito nenhum dado que leve em consideração o trajeto que seja mais rápido, por isso temos linhas muito cheias e outras muito vazias”, diz.

Depois que esse plano for concluído, o Bilhete Único passará a valer por três horas, e não duas, como acontece atualmente. O tempo deve começar a valer no final do segundo semestre de 2015, em toda a cidade, que agora estará dividida em três cores: amarelo para o consórcio Plataforma (Subúrbio), verde para o Ótima (Centro) e azul para o Salvador Norte (Orla).

Fontes: Ibahia

 

 

RODOVIÁRIOS ENTRAM EM GREVE E FEIRA DE SANTANA AMANHECEU SEM ÔNIBUS



A categoria exige o pagamento do 13º salários, plano de saúde, INSS e FGTS - que estão em atraso há 16 meses
 
 
Feira de Santana amanheceu sem ônibus nesta terça-feira (23). Os rodoviários da cidade deflagraram o estado de greve às 0h de hoje, e 100% da frota foi recolhida e não deixou as garagens. A categoria reivindica o pagamento do 13º salário, FGTS, INSS, vale alimentação e plano de saúde. 

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários da cidade, José de Souza Almeida, os valores do INSS e FGTS não foram pagos nos últimos 16 meses. "O mais agravante é que ainda não recebemos nenhuma das parcelas do 13º, nem o adiantamento de salário", disse Almeida. "Já tentamos negociar com a prefeitura, o empresariado e o Ministério Público, mas não resolveu".

 Rodoviários entram em greve e Feira de Santana amanhece sem ônibus 
(Foto: Ed Santos/Acorda Cidade)


A frota de Feira de Santana é composta por 200 ônibus, conduzidos por 1.200 rodoviários. Ainda de acordo com o presidente do sindicado, os empresários alegam não poder pagar os valores devidos por conta de um desequilíbrio financeiro. "Eles dizem que não têm dinheiro para nos pagar porque o valor da passagem é muito baixo, e pediram socorro à Prefeitura, que não se posicionou", alega José Almeida. 

A tarifa de ônibus em Feira de Santana custa R$ 2,35 de segunda a sábado, e R$ 1,20 nos domingos e feriados. Os rodoviários estão reunidos na frente da prefeitura da cidade, na manhã desta terça-feira (23), cobrando uma solução do impasse.

 Terminais de ônibus amanheceram vazios em Feira de Santana(Foto: Reprodução/TV Bahia)


Fontes: Correio 24horas


 


 










Nenhum comentário:

Postar um comentário