quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

NEWS ROOM BA: RESUMO DO TRANSPORTE PÚBLICO DE SALVADOR




SEGUNDO TRECO DO METRÔ DE SALVADOR É INAUGURADO

A partir desta terça-feira (22), cerca de 6,5 mil passageiros por hora serão beneficiados com a inauguração da Estação Pirajá e o trecho Bom Juá-Pirajá do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas. O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, participa da cerimônia de inauguração. A Estação Pirajá, que faz parte do trecho 2 da Linha 1 do metrô, está inserida no âmbito do PAC Mobilidade, e recebeu investimento do R$ 16,7 milhões, sendo R$ 15 milhões de recursos do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 1,7 milhão de financiamento privado. Já para a implantação do trecho Bom Juá-Pirajá foram destinados R$ 39,1 milhões.


Com 34,7 mil m², a Estação Pirajá está interligada ao Terminal Rodoviário de Pirajá, em ampliação. A Linha 1 é formada por três trechos. O primeiro tem a extensão de 5,8 km e conta com cinco estações: Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Acesso Norte e Bonocô. O segundo trecho tem 5,5 km e é composto por três estações: Retiro, Bom Juá e Pirajá. O trecho 3, que terá 5,0 km de extensão, será dividido em duas estações: Brasilgás e Cajazeiras/Águas Claras.

O sistema Metroviário de Salvador também é composto pela Linha 2, selecionada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Grandes Cidades, que terá cinco terminais de integração com ônibus e 13 estações. O valor do investimento para a implantação da Linha 1 trechos 1 e 2 e da Linha 2 trecho 1 é de R$ 4,743 bilhões. Ao todo, o sistema terá 40 km de extensão com 21 estações metroviárias.


Juntando-se aos seis trens existentes, serão 40 composições para serviço nas linhas 1 e 2. Três dos novos trens já estão estacionados na estação Pirajá. O primeiro começa a operar no final de março ou início de abril.

Ainda conforme Gracco, os novos trens “estão entre os mais modernos do mundo”. Concluídas as duas linhas, teremos 41 quilômetros e meio de trilhos e 22 estações. “Aí seremos o terceiro maior metrô do Brasil”, afirmou.

O governo conclui o projeto original da Linha 1 em dois anos e meio após a transferência da gestão do sistema do município para o estado, em maio de 2013.

Fonte: Ministério das Cidades


EM SALVADOR, CARTÃO DE ACESSO AO METRÔ JÁ PODE SER COMPRADO NAS ESTAÇÕES


A partir desta segunda-feira, 21, os usuários já podem adquirir o cartão de acesso ao metrô de Salvador. A cobrança da tarifa só será iniciada no dia 2 de janeiro, mas a compra de crédito já pode ser antecipada pelos usuários do transporte coletivo.


De acordo com informações da CCR Metrô Bahia, o custo da passagem é de R$ 3,30 e está à venda em todas as bilheterias das estações. O bilhete é semelhante ao Salvador Card e o usuário pode comprar quantas passagens quiser.

Segundo a concessionária, a compra deve ser feita em dinheiro e antecipação. Ainda a CCR, a venda antecipada é uma forma de adaptar a população para a cobrança e evitar tumultos quando for exigido o pagamento da passagem.

Informações: A Tarde



METRÔ DE SALVADOR INICIA NOVA FASE COM ABERTURA DA ESTAÇÃO PIRAJÁ


A inauguração da Estação Pirajá, na próxima terça-feira, 22, vai marcar o começo de uma nova fase do metrô de Salvador. A abertura deste terminal, o oitavo da Linha 1, contará com a presença da presidente Dilma Rousseff e do governador Rui Costa.


Início da operação comercial da Linha 1, no dia 2 de janeiro, integração com ônibus urbanos e metropolitanos e desativação da Estação de Transbordo Iguatemi são algumas alterações que devem mudar a rotina de moradores e visitantes da capital baiana entre o final de 2015 e o começo de 2016.

Esse processo de mudança já começa a ser sentido amanhã, quando serão iniciadas as vendas dos bilhetes do metrô para o início da operação comercial, com tarifa de R$ 3,30, igual à dos ônibus urbanos. Serão utilizados cartões similares ao Salvador Card.

"A venda antecipada é também uma forma de comunicação, de explicar às pessoas como é o bilhete, onde ela compra, quais horários, onde elas devem recarregar", diz Martins. A venda é feita nas estações.

O valor da passagem será dividido entre CCR Metrô Bahia, que administra o sistema, e os empresários de ônibus de Salvador. Segundo o secretário de Desenvolvimento Urbano do estado, Carlos Martins, entre R$ 0,75 e R$ 1,10, por passagem, deve ser repassado para os ônibus. "Essa é a discussão que ainda falta fechar os detalhes", afirma ele.

Com o início da cobrança, o horário de funcionamento será ampliado - das 5h30 às 22h, da Lapa a Bom Juá. O terminal de Pirajá, inicialmente, irá funcionar em operação assistida, das 8h às 18h. Com a chegada em Pirajá, a Linha 1 do metrô atinge a extensão prevista originalmente, de 12 quilômetros.

Integração
A integração com os ônibus começa com a operação assistida, com 10 linhas urbanas e 55 ônibus em três estações (Lapa, Acesso Norte e Retiro). Além disso, esse processo terá quatro linhas de ônibus metropolitanos, três de Simões Filho e uma de Lauro de Freitas (Areia Branca), todas com destino à Estação da Lapa.

Nestas três estações e linhas definidas, os mesmos bilhetes comprados para o metrô vão servir também para as linhas específicas de ônibus. O objetivo é que ambos os sistemas sejam integrados plenamente. "O objetivo é a criação de um bilhete único, que envolve inclusive a região metropolitana, para todos os modais, incluindo ferryboat, VLT e lanchas. Mas isso vamos fazendo paulatinamente", disse Martins.

O artesão Valdemiro da Silva, 58, acredita que os transtornos são inferiores em comparação aos benefícios do metrô. "Pego todos os dias do Retiro à Lapa. Com a integração, vou continuar pagando só uma passagem. Se fosse só de ônibus, só chegaria à Lapa em duas horas", afirma ele.
O supervisor Orlando Jorge de Jesus, 28, mora no bairro de Tancredo Neves e trabalha na região da Lapa. Para chegar ao trabalho, ele pega um ônibus até o Acesso Norte e segue de metrô. "Minha vida está melhor, estou ficando menos tempo no trânsito", revela.

Em média, o sistema metroviário de Salvador transporta 55 mil passageiros por dia. Desde o início da operação, em junho do ano passado, o metrô já transportou 12,5 milhões de pessoas.
Com a conclusão da Linha 2, serão 41 quilômetros de metrô em Salvador. "Isso vai colocar Salvador na terceira posição com maior extensão metroviária entre as capitais do Brasil", frisa Carlos Martins. Ele destacou, ainda, que três dos novos 34 trens que vão operar nas duas linhas já chegaram a Salvador.

Por Luan Santos
Informações: A Tarde


METRÔ DE SALVADOR: INTEGRAÇÃO INICIAL TERÁ 55 ÔNIBUS EM DEZ LINHAS



A integração com o metrô terá, inicialmente, 55 ônibus em dez linhas, segundo o secretário de Mobilidade da capital, Fábio Mota, começando 2 de janeiro. "Serão três estações de integração: Retiro, Acesso Norte e Lapa. O cidadão pegará o ônibus, seguirá para uma destas estações e dará sequência de metrô", disse Mota, nesta quarta-feira, 16.

Uma comissão de mobilidade com membros do governo estadual e prefeitura, além das empresas de ônibus e concessionária CCR Metrô Bahia, avaliará o processo da integração.

Serão quatro linhas na Estação Retiro: Capelinha-Lapa-Campo Grande; Fazenda Grande do Retiro-Lapa; São Caetano-Lapa e, ainda, Bom Juá-Lapa. No Acesso Norte, três linhas: Pernambués-Lapa; Resgate-Lapa e Vale dos Rios-Stiep-Lapa. Na Lapa, três linhas: Lapa-Chame-Chame; Lapa-Barra Avenida-Barra; e Lapa-Garibaldi-Ondina.

"O número de ônibus e linhas pode ser adequado para mais ou para menos, a depender da demanda", disse Mota. A avaliação deve durar 90 dias.

Cobrança de Tarifa
Após impasses e meses de negociação entre governo do estado, prefeitura da capital e empresários de ônibus, o metrô de Salvador vai começar a cobrar passagem a partir do dia 2 de janeiro, e não mais na próxima quarta-feira, como era previsto.

O valor, apesar de ainda não ter sido oficialmente definido, deve ser o mesmo cobrado pelos ônibus urbanos  (R$ 3,30, a partir do próximo mês). O anúncio foi feito nesta quarta pelo governador Rui Costa, durante entrega de ambulâncias no Centro Administrativo.

"A ideia é que a tarifa seja do mesmo valor da passagem cobrada a partir de janeiro no ônibus urbano", revelou Rui Costa. Além disso, ele informou que a estação do metrô de Pirajá será inaugurada  próxima terça-feira e contará com a presença da presidente Dilma Rousseff.

Hoje, a tarifa de ônibus em Salvador é de R$ 3, mas subirá para R$ 3,30 em janeiro. O aumento segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - que deve superar 10% até o final do ano.

O contrato de concessão assinado pela prefeitura com os consórcios que operam o sistema estabeleceu, em 2014, que o indicador será utilizado como base para reajustar tarifas até 2016.

Operação comercial
Rui Costa informou que, para quem quiser antecipar, a venda de bilhetes para o metrô começará na próxima segunda, apesar de a cobrança só ser iniciada em janeiro. Segundo ele, esses bilhetes já serão utilizados na integração entre os sistemas de ônibus e metrô.

Costa disse que tratará do assunto com o prefeito ACM Neto para definir como será feita a integração: "Pretendo conversar com ele. A população pagará uma só passagem de ônibus e metrô".

A inauguração da Estação Pirajá e o início da operação comercial do metrô trarão benefícios para a população, previu Rui Costa. "Vai melhorar muito a vida das pessoas, possibilitar que o sistema de ônibus se reorganize e diminuir engarrafamentos", pontuou.

Isso deve acontecer, explicou o governador, porque os ônibus levarão as pessoas à Estação Pirajá para que utilizem o metrô para ir ao Centro: "Vamos ter ônibus nas extremidades, liberando o miolo, o entorno do Iguatemi e (avenida) Bonocô, áreas bem engarrafadas que ficarão livres, permitindo que o trânsito melhore".

Usuários acham 'justa' tarifa no mesmo valor do ônibus

Passageiros do metrô acham “justa” a tarifa no mesmo valor do ônibus, mas pedem que a integração seja realizada de maneira efetiva para não gerar maiores custos.

“Achei até que o bilhete seria  mais caro. O metrô é rápido, tem ar-condicionado e não tem superlotação. O valor de R$ 3,30 termina sendo bom para a gente”, disse a agente de limpeza Maria Edna Teixeira.

A Estação Pirajá é o oitavo terminal da linha 1 do metrô de Salvador e encontra-se em fase final para a inauguração, que marca o término do projeto original do metrô de Salvador.

A linha 1 já conta com as estações Lapa, Campo da Pólvora, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro e Bom Juá. Também está em fase de projeto a construção do tramo 3 do metrô, que vai incluir duas estações à linha 1, levando o sistema até o bairro de Cajazeiras.

A área da Estação Pirajá é de 6.185 m², com duas plataformas laterais. O terminal possui escadas rolantes, elevadores, bicicletário e banheiros.

Por Luan Santos
Informações: A Tarde Online




CIRCULAÇÃO DE ÔNIBUS ESTÁ GARANTIDA ATÉ QUARTA-FEIRA



Os rodoviários da capital baiana ainda cogitam paralisação em meio às festas de fim de ano. No entanto, os ônibus estão garantidos aos usuários do transporte público até a próxima quarta-feira (23). A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), está mediando as negociações entre o Sindicato dos Rodoviários e o sindicato patronal. O impasse se resume ao não pagamento de bonificação baseado na Participação dos Lucros e Resultados (PLR).

A reunião entre representantes dos rodoviários e o chefe da Semob - Fábio Mota - aconteceu durante a tarde de ontem (21), na sede do governo municipal, no Centro da cidade. No encontro, os rodoviários reafirmaram a proposta que impediria uma possível greve.

“Os trabalhadores mantém a proposta de um abono, uma proposta defensável. A gente quer um abono que compense a PLR no período, mas eles [sindicato patronal] não querem colocar. Vamos aguardar até a quarta-feira, visto que o prefeito designou o secretário de transporte para fazer uma interrupção com os empresários”, informou o secretário de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota.

De acordo com ele, se os patrões abrirem espaço para negociação que favoreça os trabalhadores, é possível chegar a um denominador comum ainda este ano. “A gente acredita que sim, resolve esse ano. Se não tiver [acordo], perde a cidade, que acaba sendo a mais prejudicada. Não vamos fazer nenhuma movimentação agora, vamos esperar até quarta-feira para decidir”, destacou.

Em entrevista à Tribuna da Bahia, o secretário Fábio Mota revelou que ainda é cedo para analisar o imbróglio que envolve os rodoviários e o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Salvador (Setps). 

“Nesse momento, a prefeitura só pode fazer o papel de mediação. A prefeitura não é patrão, nem é empregado. É uma negociação deles, interna, que estamos vendo o melhor jeito de resolver a situação da PLR. Ainda é cedo para falar em greve. Ouvimos um hoje, ouviremos o outro amanhã, depois tentaremos reunir as partes. Mas, ainda não é possível dizer se haverá greve ou não”, explicou Mota.

De acordo com ele, uma nova reunião será realizada hoje (22). Desta vez, entre a prefeitura e o Setps. “Ouvimos as reivindicações dos rodoviários, e agora vamos levar para o patronal. E, assim, tentar conseguir uma proposta para solucionar”, finalizou.

Informações: Tribuna da Bahia




TARIFA DE ÔNIBUS EM SALVADO SERÁ DE 3,30 A PARTIR DE 2 DE JANEIRO




A tarifa de ônibus municipal de Salvador será reajustada em R$ 0,30 a partir do dia 2 de janeiro. O reajuste foi confirmado pelo secretário Fábio Mota, da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob). Segundo ele, o valor foi calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que este ano fecha em torno de 10%.

“Este reajuste é anual e previsto no contrato da prefeitura com as empresas de ônibus”, explica o secretário. Fábio Mota lembra que o novo valor da tarifa, de R$ 3,30, será o mesmo cobrado no metrô de Salvador, segundo anunciou o governador Rui Costa na quarta-feira (16). A cobrança do sistema metroviário será no mesmo dia do reajuste do ônibus, 2 de janeiro.

A variação da tarifa relacionada ao IPCA está prevista na licitação de concessão do sistema de transporte coletivo da capital baiana. Os consórcios Plataforma, Jaguaribe e Salvador Norte garantiram o direito de explorar o serviço no ano passado.

Metrô
Depois de ser anunciada para a próxima quarta-feira (23), a cobrança da tarifa do metrô de Salvador foi prorrogada e só será iniciada no dia 2 de janeiro. O adiamento foi anunciado pelo governador da Bahia, Rui Costa, em evento de entrega de ambulâncias do Samu, na quarta-feira (16).

Segundo ele, a venda dos bilhetes já estará disponível para os usuários do metrô na próxima segunda (21), mas a cobrança só será feita em 2016. Rui Costa também anunciou que a estação do metrô em Pirajá será inaugurada no dia seguinte, terça-feira (22).

Informações: G1 BA






Nenhum comentário:

Postar um comentário