quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

PROGRAMAÇÃO DO CARNAVAL DO SALVADOR














Site apresenta programação, serviço e história do Carnaval da Bahia

Quem não é familiarizado com o Carnaval da Bahia talvez não saiba o que é sair na pipoca, tomar um capeta, trocar um colar por um beijo ou dar licença a quem passa gritando ‘olha o gelo!’. E quem não viu um Mandu, um Mascarado ou Capabode? Ou aprendeu 'que é do outro lado, do lado de lá'? Para reunir esse vocabulário peculiar e informações sobre a evolução do Carnaval da Bahia na linha do tempo e da memória, a Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom) desenvolveu o site do Carnaval da Bahia, que será permanente e atualizado, durante o ano todo, não somente durante os seis dias da folia.
No endereço www.carnaval.bahia.com.br estão disponíveis informações relacionadas à festa, como programação detalhada, serviços, festas populares, micaretas, lavagens e outros acontecimentos, em todo o estado. Com uma interface dinâmica e colorida, que é a cara da festa, o folião encontra todas as informações que precisar, em um único lugar e durante o ano inteiro.
A coordenadora de internet da Secom, Angélica Parras, explica que a decisão em fazer uma estrutura permanente, que aborda o Carnaval como produto cultural da Bahia, durante todo o ano, visa não só atender ao folião, mas a toda pessoa ou seguimento que se interessa em atuar ou investir na folia baiana. “O Carnaval da Bahia gera produtos, que foram exportados para o mundo, como micaretas, lavagens, ritmos, instrumentos musicais”, comenta.

“Além disso, o ano todo acontecem festas e manifestações populares em todo estado onde estruturas do Estado trabalham. Os preparativos para o Carnaval começam quando o outro termina”, explica a coordenadora. E continua: “A Folia de Momo é preparada o ano inteiro por diversos órgãos do Governo do Estado. É um trabalho contínuo e um investimento muito grande de esforços e recursos para fazer a festa acontecer, dada a importância da folia para a Bahia e os baianos”. 

Para os foliões

No site está disponível a programação completa do interior do estado e dos três circuitos de Salvador: Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho). Há ainda uma programação à parte para as atrações do Carnaval Ouro Negro, projeto do Governo do Estado para valorização e a preservação da tradição afro-baiana no Carnaval. “O Ouro Negro apresenta um espetáculo das raízes da cultura, com ritmos que passam pelo afoxé, afro, samba, reggae e desfile de bloco de índios”, acrescenta Angélica Parras.

O folião pipoca também recebe atenção especial com as atrações sem cordas em destaque, uma das marcas do Carnaval inclusivo e democrático, promovido pelo Governo do Estado. Além de serviços, telefones úteis e endereços de instituições de saúde, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, o site oferece informações sobre a atuação de diversos órgãos da estrutura governamental, que atuam na área de atendimento ao turista, conscientização, prevenção e garantia de direitos, como no combate ao trabalho infantil, de enfrentamento ao racismo e à violência contra a mulher. 
Curiosidades e informação
Além de notícias que vão atualizar o site o ano inteiro, a TV Folia foi criada para abrigar vídeos relacionados à festa. Para os curiosos, ainda há uma linha do tempo que conta a história do Carnaval desde o século XIX, através de fotos, vídeos e pequenos textos, destacando a participação das influências africanas e do povo negro baiano para a festa se tornar o que é hoje. Tudo isso integrado às redes sociais, como Facebook, Instagram, Flickr e Twitter.
Uma galeria especial foi criada para explicar os vocabulários típicos baianos e as manifestações culturais de outras festas populares, como as celebrações de largo, as lavagens e tradições como as caretas, cabeçorras e ‘os cão’. Com todo o conteúdo em um só lugar, o site é um retrato da festa que é de todo mundo e todo mundo ama.

Repórter: Anna Larissa Falcão



Nenhum comentário:

Postar um comentário