segunda-feira, 10 de outubro de 2016

NEWS ROOM BA: ÔNIBUS CONTINUA SEM RODAR NO VALE DAS PEDRINHAS



ÔNIBUS CONTINUA SEM RODAR 
NO VALE DAS PEDRINHAS


Os ônibus continuam sem circular no Vale das Pedrinhas na manhã desta segunda-feira, 10. A previsão era de que os coletivos voltassem a entrar no bairro nesta manhã, mas os rodoviários ainda reclamam de insegurança.

A decisão de não retorno ao bairro foi tomada porque teria acontecido um novo confronto na região, segundo o Sindicato dos Rodoviários. Contudo, a Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) não tem registro do fato.

Os coletivos deixaram de entrar no Vale das Pedrinhas desde a última quinta, 6, quando houve um tiroteio na região. Com isso, o final de linha foi transferido para a avenida Juracy Magalhães, em um trecho conhecido como rua do Canal, no Rio Vermelho. A mudança faz com que os moradores percorram um trajeto de 1 km para entrar e sair do bairro.

 Sem entrar no bairro, ônibus param em fim de linha improvisado (Foto: Edilson Lima | Ag. A TARDE)

Nesta manhã, viaturas da Polícia Militar (PM) são vistas no Vale das Pedrinhas. Apesar do reforço no policiamento, moradores, que não quisseram se identificar, reclamam da insegurança no bairro.
O mesmo sentimento é compartilhado com os rodoviários das três linhas que circulam no Vale das Pedrinhas. Eles dizem que se sentem inseguros de trabalhar no local.

Diante desse cenário, o diretor do sindicato da categoria, Daniel Mota, disse que a entidade quer uma reunião com uma comissão formada por representantes do sindicato, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Ministério Público (MP), das empresas de ônibus e prefeitura.

A ideia é discutir as ocorrências de violência no bairro e definir medidas para fornecer segurança para moradores e rodoviários. Isso porque dois ônibus já foram depredados no bairro e outros incendiados em 2015.

Enquanto isso, o sindicato entende que "é mais prudente ficar aqui (na av. Juracy Magalhães) para aguardar os desdobramentos", disse Mota.

Fontes: A Tarde olinie

Nenhum comentário:

Postar um comentário